#40 21/01/2021 performance

O que é mídia de performance?

Adotar estratégias de mídia de performance é praticamente uma regra básica do marketing digital. As ferramentas estão evoluindo e cada vez mais aliadas à promoção de marcas, produtos e serviços. Mas o que é isso? Quais são as vantagens?

Para compreender a importância das mídias de performance, devemos considerar também como era o gerenciamento dos resultados das mídias tradicionais – jornais, revistas, televisão, entre outras –, em que não havia assertividade com relação à audiência ou sobre a eficácia de vendas. O acompanhamento focava a exposição da marca e as estimativas de alcance do que de resultados.

Com o desenvolvimento das ferramentas de anúncios on-line, as estratégias passaram a ser mais eficientes, reunindo indicadores que favorecem o acompanhamento de cada uma das ações.

As análises de cada uma das campanhas reforçam também o interesse e o engajamento do seu público-alvo em relação ao conteúdo, produto e serviço oferecido. E, à medida que essa relação é estreitada, você passa a ter entender seus clientes ou prospects.

Como aplicar uma mídia de performance nas estratégias de marketing?

Você já deve ter ouvido falar em Google Ads ou Social Ads, certo? Então, a partir de agora, pode-se dizer que você já conhece algumas das mídias de performance. Mas, para compreender melhor sua aplicação na rotina de marketing digital, precisamos voltar alguns passos e falar de planejamento.

Afinal, é nessa etapa que serão definidos os objetivos, as estratégias e o acompanhamento das ações traçadas pela equipe. Estude bem o cenário e avalie os interesses do público que pretende alcançar com as campanhas digitais. A escolha das mídias é um dos fatores que determinarão o sucesso das ações.

A possibilidade de gerenciar constantemente os resultados fomentou a procura por esse modelo de publicidade e instigou as empresas a buscarem a alternativa para aumentar a visibilidade e os resultados de vendas.

Por que investir em mídia de performance?

Existem muitos motivos para que você invista em mídia de performance, mas o principal deles é a otimização dos recursos. Nesse formato, você determina o objetivo, o público e quanto pretende gastar durante o período. O volume dos resultados dependerá dos valores e da qualidade dos anúncios.

Além de ter excelente custo-benefício para as empresas, as estratégias de mídia de performance podem ser utilizadas para atrair resultados imediatos. Ao contrário das técnicas de SEO e de marketing de conteúdo – que levam um pouco mais de tempo para serem indexadas e ganharem a atenção do público –, a alternativa paga favorece a visibilidade e a exposição da empresa em canais específicos.

Quando falamos de publicidade on-line, o gerenciamento diário dos resultados é fundamental para que você se certifique de que as campanhas estão alcançando boa visibilidade. Caso elas não estejam gerando os resultados esperados, você tem como fazer os ajustes necessários.

Tipos de mídia de performance

Para que você compreenda melhor as características de cada uma das mídias de performance, separamos aqui alguns descritivos que ajudarão você na hora de definir os melhores canais para a divulgação da sua marca.

Vale lembrar ainda que todas essas mídias oferecem métricas e indicadores que auxiliam no melhor entendimento dos interesses do seu público e também do seu negócio.

Google Ads

Aparecer no Google é sempre um desafio para os produtores de conteúdo. Sabemos que as estratégias de SEO costumam atrair mais resultados em longo prazo. Assim, a ferramenta de anúncios surge como opção para que a sua marca apareça sempre que forem pesquisados termos relacionados a ela e por pessoas que se interessam pelo tema.

A ferramenta propõe que você crie anúncios diretamente na rede de pesquisa e em canais parceiros. Para aparecer, você determina um lance: as empresas com termos mais competitivos acabam pagando valores maiores por exibição do anúncio. A vantagem dessa ferramenta é poder controlar quanto pretende gastar durante o dia ou até mesmo no período de campanha.

Rede de Display

Esse tipo de anúncio geralmente está relacionado às últimas pesquisas feitas no Google. Por exemplo: você procurou um modelo específico de tênis e na sequência entrou em uma página de notícias. Perceba que todos os anúncios ou a maioria deles terão banners relacionados ao tema buscado.

A rede de display é a publicação de uma publicidade em canais parceiros do Google. Excelente alternativa para campanhas de remarketing e para estreitar o relacionamento com públicos específicos.

Facebook Ads

A ferramenta de Social Ads do grupo Facebook tem como propósito a exibição de anúncios na timeline dos usuários da rede social. Com um sistema de cobrança semelhante ao do Google, a empresa paga de acordo com os resultados recebidos pelo anúncio.

A principal vantagem desse modelo de anúncio é o alcance e a diversidade de públicos que podem ser encontrados. A nossa sugestão para campanhas focadas em mídias sociais é investir em segmentação.

Instagram Ads ou Instagram Business

O Instagram Ads é outra ferramenta de anúncios em redes sociais. Os anúncios criados pelo gerenciador de negócios do Facebook são exibidos nas páginas do Instagram. Ideal para empresas de produtos focados no setor varejista porque a plataforma tem focado em soluções que visam ao aprimoramento do processo de compra e venda pela rede social.

Por ser uma das redes sociais mais populares, ela acaba sendo também bastante requisitada para campanhas de serviços. Para saber se você deve ou não investir nesse tipo de mídia é sempre importante revisitar o seu planejamento e entender o que você pode atrair de resultados com essa ação.

Native Ads

O Native Ads consiste em criar uma propaganda com visibilidade, sem interferência do usuário. Geralmente são anúncios, aparentemente aleatórios, que surgem durante a exibição de vídeo.

São chamados de anúncios nativos por apresentarem um formato de conteúdo muitas vezes semelhante com o editorial da página. A publicidade é geralmente identificada como “Patrocinado”, “Link patrocinado por”, “Anúncio”, “Artigos Relacionados”, entre outros nomes.

Esse modelo de mídia de performance é uma boa alternativa por ter uma exibição em canais que o público já está familiarizado. Fica, portanto, mais fácil atingir uma pessoa que realmente procura pelo seu produto ou serviço, mesmo que ela desconheça sua marca.