#42 28/01/2021 performance

Importância do funil de vendas nas estratégias de marketing digital 

O funil de vendas é um termo recorrente nas pautas de marketing digital de performance e de inbound marketing. Para que você compreenda melhor o assunto, separamos aqui algumas informações que podem ser úteis para o seu planejamento.

A estrutura representa as etapas de relacionamento de um cliente com a sua marca. Entender com profundidade cada uma delas pode ser trabalhoso, mas favorece o aumento dos resultados das vendas e aproxima a sua empresa de públicos estratégicos.

Aqui o segredo é conhecer o seu consumidor e os respectivos interesses. Quanto mais informações você tiver, melhor será a divulgação do seu negócio e de seus produtos.

Não se esqueça de revisitar o planejamento de marketing digital da sua empresa. Relembre os objetivos traçados e como você poderá alcançar as metas com as estratégias de geração de leads.

O que é o funil de vendas? 

Representado por um triângulo invertido, o funil de vendas traduz a capacidade da sua empresa em gerenciar os leads recebidos e promover o relacionamento com os públicos estratégicos. Se tudo começa com o preenchimento de um formulário, como é feita a régua e a gestão dos contatos até a sua na conversão como cliente?

Conhecer bem o consumidor e saber quais gatilhos o instigam a ir para outra etapa do relacionamento com a empresa é um dos grandes desafios do marketing digital. Além de compreender bem os diferencias do seu produto ou serviço, você deve saber como convencer o seu lead a virar um cliente. E, para que essa aproximação aconteça de forma estruturada, é fundamental que você desenvolva ações específicas focadas em cada uma das etapas do funil de vendas.

A regra clássica determina que os contatos que chegam pela primeira vez geralmente são considerados como leads de topo. Nessa primeira fase, a empresa recebe grande quantidade de contatos curiosos e também de prospects interessados na marca. À medida que a empresa consegue qualificá-los, é necessário buscar alternativas que contribuam para o amadurecimento da relação com esse público.

A evolução dessa estrutura, na maioria das vezes, é gradual. Mas depende de conteúdos recorrentes e relacionados ao momento do cliente. Para validar se as estratégias estão funcionando da maneira adequada, vale a pena analisar os volumes de leads de cada uma das fases.

Etapas do funil de vendas

Existem diversos modelos de funil de vendas. Os mais comuns são normalmente divididos em 3 ou 4 fases. Aqui na Tboom usamos principalmente o de 4 fases: topo, meio, oportunidades e vendas ou fundo de funil.
Quando estiver planejando o seu funil de vendas, não se esqueça de rever e avaliar a jornada do cliente na sua empresa. Estude bem as características em cada uma das etapas descritas e compreenda o que faz com que o usuário interaja com a sua comunicação e evolua para as próximas etapas.
Essa proposta avalia a jornada do cliente, desde a sua primeira visita ao site até a sua conversão em cliente. Preparamos aqui um breve descritivo de cada uma das fases para facilitar a compreensão do assunto.

Topo de Funil – Visitantes

Todos os visitantes que chegam pela primeira vez no site ingressam nessa etapa. É onde se concentra o maior volume de leads.
Aqui o ideal é usar a criatividade para a produção de conteúdo e informar sobre as qualidades e os diferenciais do produto ou serviço oferecido. Vale testar cores, CTAs (call to actions) e avaliar quais identidades ou atrativos costumam proporcionar melhor engajamento com o público escolhido.
O site precisa ter uma resposta rápida e informações que facilitem a identificação do propósito da sua empresa. Por ser o primeiro contato do lead com a sua marca, é fundamental causar uma boa impressão em todos os quesitos, o.k.?

Meio de funil – Leads

Seria como se fosse o segundo encontro de um relacionamento. Agora o cliente já conhece o seu produto/empresa. Nessa etapa, o ideal é demonstrar a disponibilidade da equipe para atender às dúvidas do cliente e trabalhar com conteúdo.

Meio de Funil – Oportunidades

Podemos considerar essa como uma subdivisão do que consideramos como lead meio de funil. Aqui você tem a oportunidade de conquistar o cliente, utilizando argumentos que favoreçam o encantamento e, consequentemente, a aquisição do produto ou serviço.
Informações como oferta, diferenciais de pagamentos e outros gatilhos ajudam a estimular as vendas. Atributos como confiabilidade e compromissos da empresa também servem para turbinar a evolução do relacionamento.

Fundo de Funil – Vendas

O fundo do funil de vendas é o momento mais esperado. Aqui o “talvez “se transforma em “com certeza”. Para que a conquista gere outros frutos e oportunidades de negócios, é importante que a experiência do cliente durante e após a venda do produto seja favorável.

Otimize o relacionamento com o seu cliente

Finalizada a construção do funil de vendas é preciso avaliar como será a estruturação do atendimento para iniciar o trabalho de fidelização do cliente. Para que isso aconteça de maneira estruturada torna-se fundamental ter um acompanhamento constante dos indicadores de performance da régua.
Ao fazer a gestão dessas informações, você tem como corrigir eventuais falhas e aprimorar etapas que ainda não estejam trazendo os resultados esperados. Nesse momento todas as informações que se referem à relação da marca com o cliente são essenciais.
Certifique-se de que a sua empresa está com uma estratégia sólida de vendas e descubra novas alternativas que promovam a sua marca e os seus produtos. Analise processos que desenvolvam as competências essenciais para que o prazo entre as etapas do funil seja menor, favorecendo o aumento das vendas e também um ciclo mais produtivo.
Se possível, utilize soluções que beneficiem a gestão dos dados e contribuam para uma aproximação maior com o seu público.
Deseja saber mais sobre o tema? Continue acompanhando o blog da Tboom que em breve teremos mais novidades para você.